sábado, 14 de março de 2009

No Esculhambation

Não sei se começo este post falando que esse blog só tem dois assuntos ou se começo perguntando advinha onde estou?
Sei lá.
Porque dessa vez me superei.
Se os dois assuntos recorrentes do Migrante são esculhambar Congonhas e falar do Twitter, o que blogar se neste momento estou em Congonhas lendo a matéria da Época sobre o Twitter?
Rá rá.
É público - ou melhor - sem privacidade [rs] - meu mau-humor quando dou de cara com filas de 14 pessoas no café neste aeroporto.
Mas como hoje já cheguei e já comi meu pão-de-batata sem fila, tô de good humor.
Hum.
E também gostei da matéria da Época.
Quase todas as principais questões, positivas ou negativas, intrínsecas ao Twitter foram abordadas.
Poderia ser melhor?
Claro.
Como toda matéria poderia ser melhor, não me incomodou.
Congonhas hoje também não está me incomodando.
[Ok, é sábado - mas eu já peguei cada sábado aqui de excomungar arcebispo]
Então tô sem assunto?
Ah, não.
Peraí.
Achei uma coisa pra me incomodar.
Treze reais e quarenta centavos.
É o preço de um pão-de-batata + café com leite + uma garrafinha de água neste aeroporto.
Sabia que eu ia achar alguma coisa.
Humpf!

2 comentários:

leila disse...

13,40 por um lanchinho no aeroporto? E eu que já estava me animando porque na minha próxima viagem ao Brasil o dólar vale mais que ano passado. Pelo visto meu dinheiro não irá muito longe nem assim.

Sobre o Twitter, ainda não aderi. Mas vou lá ver a matéria da Época.

Guta Nascimento disse...

[os aeroportos do brasil são um assalto à mão armada. o procon tem uma pesquisa sobre os preços da alimentação nos principais aeroportos do país que dá vontade da gente botar mãos ao alto]
[é uma cretinice generalizada]
[rs]