domingo, 30 de novembro de 2008

O Caso Megan Meier

Durante a semana não se falou em outra coisa na cybersphere.
O julgamento de Lori Drew.
A mãe, de 49 anos, que criou um perfil fake no MySpace para interagir com Megan Meier, uma menina de 13 anos, ex-amiga de sua filha.
Em setembro de 2006, Lori, com a ajuda de uma assistente de trabalho de 18 anos, criou o perfil de Josh Evans, um suposto novo morador da vizinhança, de 16 anos.
"Josh" se aproximou de Megan via website.
Disse que seus pais não tinham telefone e que ele não ia à escola, estudava em casa, por isso conversariam apenas pela internet.
Viraram 'namorados virtuais'.
Semanas depois "Josh" começou a agredir Megan com críticas online, o famoso cyberbullying.
Em 16 de outubro de 2006, "Josh" teria terminado o namoro com Megan pela internet.
Teria escrito que "o mundo seria um lugar melhor sem ela [Megan]".
Horas depois a menina foi encontrada pela mãe, enforcada com um cinto, pendurada no closet.

Daí para frente começou o circus que acompanha os casos na justiça.
E a discussão na blogosfera.
Esta semana Lori Drew, a mãe, após um julgamento de cinco dias, foi declarada culpada de três crimes, entre eles, a criação de uma identidade falsa na internet para ferir Megan Meier emocionalmente.
Foi absolvida da quarta acusação, conspiração criminal.
O juiz alegou 'mistrial' - julgamento incorreto.
A sentença ainda não saiu.
Lori Drew poderá pegar três anos de cadeia e pagar multa de até 300 mil dólares.
A defesa pede novo julgamento.

O furor daquele que está sendo chamado de primeiro julgamento de cyberbullying se explica com as inúmeras variáveis do caso.
Há gente discutindo por que o julgamento foi em Los Angeles, na Califórnia, se o caso aconteceu no Missouri.
A razão alegada é que a sede da empresa do MySpace fica em Beverly Hills.
O procurador federal dos EUA, em Los Angeles, tomou a frente do caso pessoalmente [com mais dois assistentes] depois que a justiça do Missouri decidiu que a mãe não tinha infringido nenhuma lei estadual.
Esta semana, depois de uma onda de revolta, posts e e-mails indignados de tudo quanto é parte do mundo, o conselho local dos vereadores do condado onde ocorreu o caso aprovou uma lei que faz do assédio pela internet um delito passível de multa de US$ 500 e até 90 dias de prisão.
Segunda a prefeita do condado, tinha gente querendo queimar a casa de Lori Drew.
Depois da divulgação do caso houve de tudo.
Passeata em frente à casa deles, objeto atirado contra a casa, divulgação na internet de fotos da família - até fotos da casa, vista do Google Earth.

Na mídia há um confronto de informações que deixa assustada qualquer pessoa que decida ler um pouco mais sobre o assunto.
Cada um relata o caso conforme quer, incluindo informações não-confirmadas e/ou omitindo outras.
Já li de tudo.
A mãe dizendo que inventou o perfil de Josh depois que a filha e Megan brigaram. Segundo esta versão, Megan teria passado a falar mal e inventar boatos sobre a filha dela na cidade onde moram.
As duas famílias vivem a 4 casas de distância.
A mãe, então, teria criado o perfil para interagir com Megan e descobrir o que a adolescente falava da filha.
Há reportagens que falam que o plano das Drews era um dia levar Megan ao shopping e humilhá-la revelando na frente de todos os amigos da escola que o namorado virtual dela não passava de um fake do MySpace.
Tem matéria que não entra na discussão porque Lori, a mãe, não foi indiciada com o crime de levar a garota ao suicídio.
Tem jurista dizendo que se criar perfil fake for crime, milhões e milhões de pessoas em todo o mundo estão cometendo crimes diariamente.
A defesa de Lori chegou a alegar que ela não leu com atenção as regras que o MySpace pede para o usuário concordar na hora de abrir a conta.

Há reportagens que não citam que Megan, a vítima, era tratada de DDA e tomava anti-depressivos.
Há também quem não registre que logo após receber a mensagem do falso "Josh", Megan teria escrito "você é o tipo de garoto pelo qual uma garota se mataria".
Há também matérias que não discutem porque Ashley Grills, a jovem, hoje com 20 anos, que ajudou Lori a criar a conta do falso perfil, conseguiu imunidade para testemunhar no caso.
Alguns veículos dizem que ela ganhou imunidade para testemunhar contra Lori Drew.

E durante toda a cobertura, desde que o caso ganhou repercussão há um ano, foi assim.
Tem matéria que diz que nas últimas horas, quando "Josh" começou a insultar Megan, a menina passou a trocar xingamentos com ele numa escalada de agressividade.
Uma matéria do NYT lembra que Lori Drew, a mãe, já tinha levado Megan numa viagem a passeio, e, por isso sabia que a menina tomava medicação anti-depressiva.
Há depoimentos [sem fonte declarada] de que Lori teria contado a uma outra menina da vizinhança o que estava fazendo com Megan no MySpace.
A mensagem mais agressiva do falso "Josh" para Megan teria sido "não gosto da maneira pela qual você trata seus amigos, e não sei se quero continuar sendo seu amigo".
A partir daí outros usuários que tinham links para o perfil de Josh teriam aderido à discussão e também teriam enviado mensagens ofensivas à Megan.
Mas ninguém explicou direito quem eram esses usuários linkados à Josh.
Sabiam que ele era um 'fake'?
Faziam parte de um grupo que queria 'zoar com Megan'?

E tem mais.
Segundo a vizinha [fonte não-declarada], mãe da menina para quem Lori teria contado a história, enquanto os paramédicos tentavam reavivar Megan, Lori teria ligado para a filha dela mandando a menina calar a boca sobre a história da página do MySpace.
Mas seis semanas depois a vizinha teria contado a história aos pais de Megan.
O surreal é que pouco antes da morte da menina, Lori Drew tinha pedido à mãe de Megan para guardar na casa delas uma mesa de sinuca que ela e o marido tinham comprado de presente para os filhos e queriam fazer surpresa.
Quando descobriram o caso, os pais de Megan destruíram a mesa a machadadas e a deixaram aos pedaços na porta da casa dos Drew.
O caso todo só foi parar na polícia porque Lori Drew abriu queixa contra os Meiers na delegacia.
Em seu depoimento, Lori teria dito que achava que sua brincadeira podia ter contribuído para o suicídio, mas afirmava não se sentir 'tão culpada' porque no velório de Megan teria descoberto que a menina já havia tentado suicídio antes.
A mãe de Megan nega.
Diz que a filha já havia falado sobre suicídio antes mas nunca havia feito nenhuma tentativa.
Segundo ela, ninguém que conhecia a menina, incluindo seu médico, a considerava como potencialmente suicida.
Há ainda versões de que, momentos antes de se matar, Megan teria comentado com a mãe sobre as ofensas que vinha recebendo.
A mãe a teria criticado, principalmente, pelo uso de termos vulgares na briga com o "rapaz" pela internet, e por não sair da internet quando a mãe mandava.
Megan teria subido chorando para o quarto, dizendo algo na linha 'você é minha mãe e o certo seria ficar ao meu lado'.

Ou seja, entre verdades, mentiras, fatos confirmados e outros não, há muito o que se pensar.
O caso ficou tão famoso que foi criada uma página na Wikipedia, Suicide of Megan Meier.
Lá há links para várias reportagens sobre o assunto, de onde foram tiradas as informações.
Assim como nos jornais, resta a dúvida.
Qual o ponto de vista de quem escreveu o texto da Wikipedia?
Não é referência isenta.
Podemos ler mas não tomar como o viés da história.

O fato é.
Uma menina de 13 anos se suicidou.
E isso é muito triste.

Outro fato.
O caso Megan Meier abre uma precedência jurídica sobre a internet.
Há juristas defendendo e criticando as decisões tomadas ao longo de todo o caso e elas vão pautar várias ações daqui para frente.

Como juiz eu, particularmente, não conseguiria julgar o caso.
Suicídio é um tabu emocional.
Há culpados?
A vítima é culpada?
Ninguém é culpado?
Todos são culpados?
É um caso de culpa?
Responsabilidade?

Lendo de tudo um pouco sobre o assunto, tendo a concordar com Danah Boyd, especialista em redes sociais.
Há um post no blog dela sobre o caso.
Não acho que as redes sociais - com todas as suas possibilidades - possam ser culpadas.
Ao se discutir a responsabilidade da tecnologia, no caso o MySpace, estamos deixando de discutir algo muito mais doloroso.
As relações em que ocorrem os 'bullyings'.
Vivemos e convivemos com casos de abuso emocional a torto e à direita ao nosso redor.
Abuso emocional nas relações de pais e filhos, chefes e empregados, amigos de escola, de emprego, no dia-a-dia da sociedade dividida em castas de profissões.

Minha única certeza é a de que é muito triste que a morte de uma menina seja a catarse de todo o buraco negro emocional em que vivemos.
Cada um que pense na morte de Megan Meier ao seu modo.
Mas pense.

Ridley Scott - 71 Anos Hoje

To Infinity - And Beyond!

Quando A Inteligência Era Artificial

HAL.
HAL-900.
Heuristic Algorithmic Computer.
O computador que fazia leitura labial.

sábado, 29 de novembro de 2008

Esgotada!

A torradeira do Darth Vader.
Não que eu fosse querer passar manteiga na cara dele.
Só queria saber quanto custava.
$54.99
Na StarWarsShop.com.
Mas, sei lá, deu no Cinematical na segunda-feira.
Foi parar no Imdb Hit List.
Véspera de Thanksgiving.
Sabe como é, né?
Black Friday...
No longer available => Sold Out.

Joel Coen - 54 Anos Hoje

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Twitter & Jornalismo

Se você é twitteiro já deve ter participado da discussão.
? Twitter pode ser usado para jornalismo ?
? É possível fazer jornalismo em 140 caracteres?
Pois é.
Mumbai e Santa Catarina estão aí para aumentar a pressão.
A quem se interessa pelo assunto recomendo o blog da Gabriela Zago.
ius communicatio.
Gabriela tem uma tese sobre Twitter e Jornalismo.
E neste post levanta estas e algumas outras questões.

E Pensar Que Tudo Começou Com Um Chip

O mundo já tem 1,5 bilhão de internautas.
Um sexto da população da Terra.
Em 2000 éramos apenas 200 mil conectados.

Ainda este ano chegaremos a 4 bilhões de celulares.
Um terço deles pertence a nós, a galera do BRIC.
Só a China, sozinha, tem 700 milhões de aparelhos.

E Pra Fechar

A semana com chave-de-ouro vamos aos e-mails infames desta sexta.
*Cerveja desidrata e pode ser vilã no verão* [qua, qua, qua]
*Panetone para cães* [lá em casa não tem cachorro, não]
*Lei Seca contribui para aumentar o número de mulheres no volante* [não vou comentar - muito menos o "no" volante]
*Nova tecnologia das Roupas Inteligentes* [gosto de Roupas Burras]

Alfonso Cuarón - 47 Anos Hoje

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Menos Um

E lá se vai mais um.
Ted Koppel está deixando o Discovery.
O meu problema com isso é que Ted é um dos meus quatro ídolos no jornalismo americano.
Ted, Charlie, Tom & Peter.
The Fab Four.
Só que Ted está saindo do ar.
Não se sabe quando volta, se é que volta, e em que formato.
Peter, o Jennings, faleceu.
Vivo das lembranças dos seus textos.
Curtos e incisivos.
Não deixou herdeiros.
Tom, o Friedman, está vivo mas eu vivo brigando com ele.
Briguei na Guerra do Iraque [rompi feio, fiquei meses e meses e meses sem falar com ele, digo, lê-lo], no meio da campanha do Obama, no capítulo 1 do seu último livro [Hot, Flat & Crowded]... ou seja, vivo quebrando o pau com ele.
Uma idolatria com crises.
Só me resta Charlie, o Rose.
Que eu imploro para não me abandonar.

Eles Insistem, Eu Também

Pérolas da caixa postal.
* 4o Festival Carioca de StripTease*
* Banana, nutella, queijo mascarpone e azeite de baunilha [sim, isso mesmo, azeite de baunilha, o mundo está perdido] recheiam nova Rostti*
* Hamburger com champagne?*
* A magia do Natal* [dai-me paciência]
* Oportunidade de crescimento para débito internacional*
E advinha quem voltou?
Os mini-coellhos!
Lembram deles?
* Mini Coelho - Uma companhia diferente em casa*
Pois é.
A gente fica por aqui.
Os e-mails que eu não pedi para receber voltam amanhã.
Com certeza.
Uma boa noite pra você.
Até lá.

A Banda Da TV

Só vende na Amazon.
E custa $14.99.
É o combo CD+DVD da Banda da TV.
Band from TV é a banda que reúne o serial people.[ui, infame]
Nos teclados, Dr. House em pessoa, Hugh Laurie.
Na bateria, Greg Grunberg, de Heroes, Alias e qualquer coisa do J.J. Abrams.
Nos vocais, Bonnie Somerville - de Cashmere Mafia, Garden State e Grosse Pointe - e Bob Guiney, do The Bachelor.
Na guitarra, James Denton, de Desperate Housewives.
De vez em quando rolam uns agregados.
Adrian Pasdar, de Heroes, na guitarra.
A Dona-de-Casa Desesperada, Teri Hatcher, de canja no vocal.
Jesse Spencer, o Dr. Chase, do House, toca violino.
As apresentações, em geral, são para eventos de caridade.
O CD&DVD se chama 'Hoggin' All The Covers'.
Entre eles, Mustang Sally, Feelin' Alright e Viva Las Vegas.
A banda mantém um site superatualizado.
bandfromtv.org.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Campeões Do Dia

Alguém insiste em me mandar e-mail na conta de trabalho oferecendo um curso para entrar no mercado de ações.
A última oportunidade do ano.
Eu mereço.
Outros destaques do dia.
*Sabor Natalino: Milk Shake de Creme de Avelã*
*Natal Sócio-Ambiental* [me poupem]
*Não cometa gafes ao dar presentes de Natal* [algo me diz que serão penosos os dias até o Natal]
*Boa expressão corporal alavanca o sucesso profissional* [sendo assim quem faz pilates, ganha mais???]
*Uma orientação para homens* [nem abri]

Baaad Robot

Se você é fã de Lost você sabe o que o título acima significa.
Se for um pouquinho mais aficionado sabe o que este título está fazendo num post sobre Star Trek.
Pois é.
Foi a primeira coisa que me chamou atenção nos primeiros traillers oficiais de Star Trek.
Dirigido por J.J. Abrams, criador e mentor de Lost.
Bad Robot!
É a vinheta de assinatura de Lost.
E as vozes fofas que gritam "Baaad Robot", nome da produtora, são dos dois filhinhos dele.
Mas vamos ao que interessa.
Star Trek.
O trailler 1 me impressionou.
Grandioso.
Mas de trailler bom e filme ruim, o mundo está cheio.
Apesar de que ao ouvir Space ... the final frontier deu aquela acelerada de pulso.
Essa frase é uma coisa.
No trailler 2[mesmo link acima] assustei.
O começo é esquisito.
Achei aquela cena do precipício muito, muito nada a ver.
Porém quando finalmente entramos na Enterprise, comecei a achar que pode ser bom.
O problema é que os dois traillers estão com data errada de lançamento.
Natal 2008.
Trailler com data errada é suspeito.
Star Trek só estréia na primavera 2009.
A americana.
Aqui estaremos no outono.
E vamos ver a ordem dos países que terão o privilégio de assistir ao filme antes da gente.
Bem, na verdade, apenas alguns dias antes.
Quer dizer, um ou dois dias antes.
Mas nas redes sociais internacionais, sabe como é, né, faz diferença.
Afinal, a gente sempre pode perguntar para um amigo gringo o que ele achou.
Por isso se você tem amigos na Bélgica, no Egito ou na França, já pode perguntar a partir de 6 de maio.
Australianos, croatas, tchecos, alemães, gregos, holandeses, neo-zelandeses, russos, sérvios & montenegros e cingapurianos verão do dia 7 em diante.
Nóis, brazucas, teremos o privilégio da estréia junto com americanos, austríacos, canadenses, dinamarqueses, finlandeses, islandeses, noruegueses, italianos, mexicanos, espanhóis, suecos e ingleses.
8 de maio.
Nossos amigos japoneses é que estão com problemas, tadinhos.
Só verão a partir de 6 de junho.
Mas, convenhamos, tudo isso é mera formalidade de calendário e janelas do business.
Porque muito antes disso o Torrent - no meu caso o Tomatão - já estará na rede com zilhões de seeders & leechers.

Ricardo Montalban - 88 Anos Hoje

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Grunny Chair by Greg Grunberg - Only II

HRG by Greg Grunberg - Only Heroes Fans

Share photos on twitter with Twitpic

Para Começar

A semana.
Vou poupá-los.
E elencar apenas dois dos melhores e-mails do dia.
*Curso para entrar no mercado de ações*
E o incrível, inenarrável, e único.
*Barriga Chapada em 30 Dias-Sim, É Possível!*

domingo, 23 de novembro de 2008

10 Filmes Que Jamais Devem Virar Videogame

Deu no io9.
Site sci-fi.
A lista de 10 Filmes que nunca-jamais-pelo-amor-de-deus-sob-hipótese-alguma devem ser transformados em videogames.
De cara listaram meu filme favorito de todos os tempos.
O Sétimo Selo.
Também foram parar na lista.
Feitiço do Tempo.
Apocalypse Now.
Cocoon.
Vale a pena entrar no site e ler as razões.
Hilárias.

A Primeira Vez Da Raquel Recuero

Ela é jornalista, pesquisadora e professora da Universidade Católica de Pelotas.
Raquel Recuero é referência no Brasil em comunidades virtuais e redes sociais.
Foi consultora do Google Inc. em pesquisa sobre nossas redes.
Sua tese de doutorado abordou o Fotolog.com.
Tem projetos acadêmicos sobre o Orkut, os blogs e a influência dos blogs no jornalismo.
Este ano orientou, entre outros trabalhos, um TCC sobre Twitter & Jornalismo.
Pois é.
Raquel faz parte de uma categoria muito especial de migrantes digitais.
Por isso, com vocês, a primeira vez de quem não só migrou, como ainda acumulou uma respeitável bagagem acadêmica.

... PRIMEIRA VEZ NA INTERNET...
... acho que foi na universidade, em 1995. eu costumava passar as tarde no laboratório fazendo trabalhos e aprendendo a Internet, quando recém tinha começado o curso. :D também usava em casa, a partir de 1995 com o acesso da universidade (tecnicamente era só para os alunos) e, depois, com uma conta pessoal quando os primeiros provedores privados começaram a aparecer.

... PRIMEIRO E-MAIL...
... não me lembro mais do meu primeiro email. mas meu nome de usuário ainda uso sim. :)...

... PRIMEIRO PROVEDOR...
... eu usava o provedor da universidade, o Atlas...

... QUANTAS CONTAS DE E-MAILS ATÉ HOJE ?...
... hmmm... umas 5, eu acho...

... LEMBRA DO ALTAVISTA ? E DO ICQ ?...
.. sim, claro. ICQ ainda uso e usei muitos outros sistemas de busca antes do Altavista...

... PRIMEIRA VEZ NO GOOGLE...
... 1998. demorei pra entender aquele "estou com sorte"...

... E NO SKYPE...
... odeio, uso pouquíssimo...

... QUEM TE CONVIDOU PRO ORKUT?...
... um amigo que morava em Campinas e estudava na Unicamp, em fevereiro de 2004...

... TEM BLOG?...
... sim, http://www.pontomidia.com.br/raquel . meu primeiro blog fiz no blogger aí pelo final de 2001. depois, já no início de 2002, criei outro para a minha tese, pois queria pesquisar o assunto. esse virou meu blog oficial, que depois passou pra Pontomidia, junto com outros blogs de outros amigos meus...

Já bloguei mas não custa repetir.
Quem precisar de bibliografia sobre blogs no Brasil pode consultar uma compilação de trabalhos acadêmicos que a Raquel Recuero mantém no pontomidia.

Vi No Cabinet of Wonders

sábado, 22 de novembro de 2008

Google Life

Essa foto linda aí ao lado foi tirada em 1983.
Pelo fotógrafo Alfred Eisenstaedt.
Um dos maiores fotógrafos da revista Life.
Debaixo da Brooklyn Bridge ainda se avistavam as Torres Gêmeas em Lower Manhattan.
Pois agora para achar fotos incríveis como esta está ainda mais fácil.
O Google passou a hospedar o gigantesco arquivo online da Life.
São 10 m-i-l-h-õ-e-s de fotos!
97% delas jamais foram publicadas.
Tem foto de 1750!
Para acessar o banco de imagens clique aqui

Thomas Allen - USA

A Rádio Do Espaço

É sensacional!
Uma rádio espacial!
Galática!
Interplanetária!
Literalmente universal!
É o projeto The Radio Astronomy.
Uma galera que reúne gente da Nasa, de várias universidades, de laboratórios espaciais e o povo dos telescópios.
Eles transmitem ao vivo sons interceptados do Universo.
Na internet e em rádio tradicional.
Tem som de tudo quanto é tipo.
Tempestades solares, Júpiter meio que 'conversando' com sua lua particular [é um conceito de interação que eu não sei explicar direito], e uma sinfonia de cliques esquisitos.
Hissssses.
Pops.
Tchufs.
Tudo captado pelos rádios-telescópios.
Sim, claro.
Parece estática.
Mas é o som do nosso Universo.
Tão rico quanto as imagens.
www.radio-astronomy.net

Barrado No Zimbábue

Ele nunca tinha sido barrado antes por nenhum país.
Por isso qual não foi a surpresa.
Jimmy Carter, de 84 anos, Prêmio Nobel da Paz, ex-presidente dos EUA, não pode entrar no Zimbábue.
Seu visto foi negado por ordem de Robert Mugabe, ditador, 84 anos também, vinte e oito destes agarrado ao poder.
Mas o ex-presidente americano não precisa se sentir ofendido sozinho.
Mugabe também negou os vistos de Kofi Annan, ex-Secretário Geral da ONU, e Graça Machel, ativista humanitária, mulher de Nelson Mandela.
E olha que tanto o atual presidente da África do Sul, Kgalema Motlanthe, quanto o ex, Thabo Mbeki, intercederam em favor deles, que visitariam juntos o país, chegando neste sábado.
Não adiantou nada.
Os três fazem parte do The Elders.
Uma entidade criada ano passado por Mandela e que reúne ainda, entre outros, Tutu Desmond e Muhammad Yunus, para discutir 'assuntos globais'.
Carter, Graça e Kofi têm feito críticas públicas à mania do Sr. Mugabe de sair encarcerando gente a torto e à direita, alengando insultos ao nobre presidente.

Terry Gilliam - 68 Anos Hoje

Countdown

Faltam 60 dias para a posse do Obama.
E 61 para o início da próxima temporada de Lost.

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Bem Bacana

Gustavo 'OutrOs OlhOs' Jreige twittou.
E eu achei mega-incrível.
Raquel Recuero, jornalista & professora universitária, cataloga artigos acadêmicos publicados sobre weblogs no Brasil.
É uma bibliografia imporante pacas.
E o melhor - vem em ordem cronológica de publicação.
Vale a pena conferir.
E se alguma publicação não estiver listada, há um canal para enviar as informações para ela agregar.
O primeiro ensaio registrado é do ano 2000, de Rosa Meire Carvalho.
Para acessar o catálogo, clique aqui.

Google Goes Magritte

Os Tais E-mails

Bem.
Não sei se foi fato de ter trabalhado nesta sexta-feira mas os e-mails abaixo que invadiram minha caixa-postal me deixaram profundamente irritada.
*Colesterol: o vilão das festas de fim-de-ano*
*Tratamento ortomolecular previne Disfunções Sexuais*
*Médica ensina como é importante ter um filho carinhoso*
[interna, minha gente, interna]

Bjork - 43 Anos Hoje

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Triborough Blues


É.
Não teve jeito.
Desde ontem ela não é mais a mesma.
Mudou de nome.
Não se chama mais Triborough Bridge.
E sim Robert F. Kennedy Memorial Bridge.
Eu, particularmente, sempre fui contra a mudança.
Nada contra Bob Kennedy.
Mas é que Triborough sempre foi minha ponte favorita em Manhattan.
Cada um tem a sua.
A minha sempre foi Tribo porque, bem, era a mais próxima da minha casa.
Por onde eu sempre chegava quando desembarcava no JFK.
E sempre a avistava do sun roof nos meses em que new yorkers se esbaldam ao sol no teto de seus prédios.
Passar por Triborough era estar chegando em casa.
E até hoje quando eu a avisto lá ao longe, sempre lembro que aquela era a minha ponte.
Pois a partir de agora, Tribo não é mais Tribo.
Se eu conheço os taxistas de Manhattan, vão logo abreviá-la para RFK.
Somando com a FDR e o JFK, vai ser engraçado ver turista tentando dialogar com motorista e vice-versa.
'Get FDR, then RFK to JFK'.
Vai ter gente se estressando.

Raiders On The Storm

Começa amanhã nos EUA a venda do Blackberry Storm.
Ok.
Esta semana fui a um evento que reuniu cerca de uns 500 executivos.
Na platéia, não dava outro.
Só Berry.
Porque isso é notório.
Businessmen não usam iPhone.
No business o negócio é Berry.
E vendo todo mundo lá checando seus e-mails com a maior facilidade, bateu a saudade.
Enfiada no sub-solo de um hotel, cadê rede da telefonia para eu checar os meus?
Por isso eu confesso.
Eu tenho saudades do meu Berry.

XX Stars


A Mulher Nota 10, Bo Derek, faz hoje 52 anos.
A Replicante Sean Young faz 49.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Morro? Eu?

Me perguntaram o que eu achei do anúncio hoje do 'Morro' da Microsoft.
Eu não achei nada.
E desde quando eu perco tempo pensando em Windows?
Afe!

Já Posso Blogar Do Espaço

A Nasa divulgou hoje que mês passado conseguiu montar uma conexão de rede no espaço.
Uma internet interplanetária.
Já pensou?
Conseguiram transmitir imagens de uma nave que se encontra a 32 milhões de quilômetros da Terra.
Usaram como ponte a sonda Epoxi.
Epoxi, para quem não lembra, é a sonda que se desloca em direção ao cometa Hartley 2 [é Hartley mesmo e não o Halley].
O genial é que na internet espacial não há possibilidade de desconexão.
Sim.
Porque migrantes são caixas-pretas dos primórdios da web no século passado.
Nativos que nasceram na banda larga não sabem como sofríamos com as conexões que caíam.
Um pesadelo medieval.
Mas.
Nem tudo é perfeito.
Segundo a Nasa, podem aparecer, hã, digamos, uns probleminhas quando uma nave espacial passar por trás de um planeta.
O contato poderá ser interrompido.
Também teremos problemas com tempestades solares.
Mas tudo bem.
Por enquanto ainda vamos demorar uns 20 minutos para receber ou enviar dados à Marte.
Com sorte, uns três minutos e meio.
Tudo à velocidade da luz, claro.
O futuro vai ser engraçado.

Setentões


Ted Turner, o homem que inventou a CNN, faz hoje 70 anos.
Larry King, o homem que foi inventado pela CNN, faz 75.

terça-feira, 18 de novembro de 2008

A Última Leva De E-mails Daquele Tipo

* Transformando a profissão em aventura* [sei]
* Fracasso Construtivo* [say whaat?]
* Árvore de Natal Gigante é mais uma opção para turistas na Cidade dos Exageros* [meus sais]
* Charme e Sensualidade na Dança com Véus* [socorro!]
* O Comportamento Violento das Crianças* [afe]
* Cesta de Natal para Cães* [auau]
* Surpresa de Natal: Milk Shake de Nozes* [auau de novo]
* Aparelhos auditivos mais modernos viram opção de presente de Natal* [em respeito aos deficientes auditivos me recuso a comentar a sandice da proposta]

O Blog Ainda Bloga

É com imensa satisfação que o Migrante registra nesta terça-feira o nascimento de mais um blog.
Arquibancada Azul é pilotado pelo veterano jornalista rocker, Jota Lima.
No século passado, Jota foi publisher de um fanzine de rock pesado, o Headline.
Fanzine, aliás, é uma coisa que só migrantes sabem como realmente era.
Nativos acham que é uma coisa das cavernas, específica da Era Mimeográfica.
Longa vida ao Arquibancada Azul!

Enfim, A Notícia Chega

Ao Brasil.
Depois de esperar, esperar e esperar... os portais brasileiros finalmente publicaram a notícia de que em meio à maior crise econômica mundial desde o século passado, o criador do Yahoo! deixou o cargo de CEO, pressionado por simplesmente não ter aceitado a oferta da Microsoft, que compraria o serviço por três vezes seu valor de mercado, na época em que, bem, na época em que ainda havia mercado e dinheiro para alguém comprar alguma coisa.
O primeiro portal publicou a notícia às 00h16.
O segundo à 01h03.
E o terceiro às 3 da manhã.
É por isso que eu falo.
Assinem o Los Angeles Times.
É de graça e você é realmente informado com rapidez.

Quem Matou a Blogosfera?

Já não tem a menor importância.
Porque hoje a melhor coisa do dia foi o twitter da @cristalk.
O braço tuiteiro da Cris, autora do delicioso Blogtalk.
Canta aí, Cris:

' não deixem o blog morrer.
não deixem o blog acabar.
a internet é feita de blog.
de blog pra gente blogar.'


Uauauauauauauauaua.

Ufa, o NYT Acordou

Acaba de botar a saída do Yang do Yahoo!
O post tem data de 23h30.
Mas como só foi uploadado 6 minutos atrás...
Demoraram pra apurar, hein...
Sou mais L.A.

Ah, Sim

O mais hilário de tudo.
Até agora o Yahoo! mesmo não botou nada sobre a saída do fundador e poderoso chefão.
Vai ver que é por isso que o cara está saindo, né?
Vai entender.

L.A. Times 1 x NYT 0

Eu não disse?
Não há nada mais rápido que o breaking news do L.A. Times.
Na qualidade de breaking news addicted eu assino todo e qualquer serviço de breaking news que passar pela minha frente.
E é sempre assim.
O L.A. Times sempre sai na frente.
E muito na frente.
A morte do Paul Newman foi constrangedora.
O NYT só deu umas duas horas depois.
Hoje eu resolvi contar.
O breaking news do LAT sobre a saída do CEO do Yahoo! foi dado às 5:15 pm PT.
Vamos comparar pelo horário do Brasil, 23h15.
Empate técnico com a Bloomberg que fechou seu post às 23h14.
Depois foi esperar para ver quem ia dar na sequência.
CNN nada.
NYT nada.
Às 23h19 o Google News deu, via informação da Bloomberg.
Depois veio a AP, às 23h46.
A CNN até agora, 00h08, só está com o banner.
Ainda não postou info nenhuma.
O NYT continua com nada
Tão dormindo, tem que acordar, sacudir, ligar para alguém para confirmar, ih, uma trabalheira.
Lá pelas duas da manhã deve sair algo.
Nos portais brasileiros de notícias, ih, aí mesmo, esquece.
Não falo nem de breaking news.
Nem nas notinhas curtas da seção de tecnologia alguém já botou alguma coisa.
Quem sabe terça de manhã, né?
Enfim, é por essas e outras que eu recomendo.
Se você realmente quer ter notícia em primeira mão.
Assine o serviço de breaking news do Los Angeles Times.
Literalmente - O mais rápido do Oeste!

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Breaaaaking Newssss!

Como sempre do L.A. Times [o jornal que mais dá furo, deixa CNN e essa turma no chinelo, faz o NYT parecer velho até para embrulhar peixe].
Jerry Yang, criador do Yahoo!, vai deixar de ser o CEO da empresa.
Vai continuar no conselho e tal, jura que não houve pedido para deixar o cargo, blá, blá, blá.
Fato é que o Yahoo! está a caça de um 'global talent', como eles dizem.
O cargo tá vago.
Quer encarar?

Meu Deus Do Céu!

Sarah Palin pode ganhar 7 milhões de dólares para escrever um livro ... ao seu próprio respeito.
Eu insisto.
Só leio um livro de Sarah Palin quando ela me provar que consegue soletrar:
Barack Hussein Obama.

Obama Nas Alturas

A CBS tirou a barriga da miséria.
24,5 milhões de americanos assistiram ontem à primeira entrevista individual de Obama como presidente eleito.
Foi a maior audiência da emissora desde 1999 [século passado, certo?].

Novos Vizinhos Na Lua

Uma sonda do tamanho de uma TV - pintada com uma bandeira da Índia - é a mais recente habitante da Lua.
Na sexta-feira, autoridades do programa espacial indiano anunciaram que a sonda havia pousado com sucesso.
Batizada de Moon Impact, ela é levinha.
Pesa apenas 34kg.
Foi levada pela espaçonave Chandrayaan-1, que ficará na órbita da Lua.
Moon atingiu a superfície lunar viajando a uma velocidade de 1.6 km por segundo.
Pois é.
Mais ou menos uns 5.760 quilômetros por hora.
A idéia é que durante dois anos Moon transmita à Chandrayaan-1 imagens tridimensionais da superfície lunar.
Principalmente das regiões polares, que ficam permanentemente na sombra.
Moon também vai procurar por evidências de água ou gelo e tentar identificar a composição química de algumas rochas lunares.
Tudo isso para que no futuro a Índia possa fazer pousos de espaçonaves com astronautas.
É.
A corrida espacial tem nova cara.
Moon Craft leva carga dos Estados Unidos, da União Européia e da Bulgária.
Os dados recolhidos serão divididos com outros programas espaciais, incluindo a NASA.
Depois do trabalho, Moon Craft se aposenta.
Não será resgatada.
Vai morar na Lua para sempre.

Martin Scorsese - 66 Anos Hoje

domingo, 16 de novembro de 2008

Domingão

É igual em quase todo lugar.
Galera em casa recebendo amigo, parente, agregado, quem aparecer, pro almoço.
No espaço não foi diferente.
A moçada da Endeavour chegou hoje à Estação Espacial Internacional.
Fez que nem todo mundo.
Estacionou o ônibus espacial bem na porta da EEI.
Daí foi só esperar a abertura dos hatches [quem assiste a Battlestar Galactica ama essa palavra] e invadir geral.
Água no feijão que chegou mais uns.
No caso foi para jantar porque a acoplagem foi às 7:16 da noite [horário da Terra na Costa Leste Americana].
Na chegada, só festa.
Beijo, abraço, 'vamu tirá foto'.
E astronauta é que nem sogra.
Vai chegando e vai ficando.
A turma da missão STS-126 aí em cima não vai embora tão cedo.
15 dias na Estação.
E é por essas e outras que eu amo tanto o futuro.
Porque se vocês repararem bem, os astronautas usam bermudas no espaço!
Quer coisa melhor?
Eu, por exemplo, se um dia tiver a honra de visitar a Estação Espacial Internacional, vou chegar lá de Crocs!
Quer apostar quanto?

Se Você

Acha as manchetes dos jornais brasileiros repetitivas, saiba que não é um mal exclusivamente tupiniquim.
Jessica Winter, na Slate, garimpou algumas reportagens do admirado The New York Times que começam sempre do mesmo jeito.
Com a mesma piadinha no título.
Vejamos.

1) Bigger Is Better, Except When It's Not - 2007, sobre o tamanho do corpo dos atletas
2) Smaller Can Be Better (Except When It's Not) - 2004, sobre tecnologia
3) A Marriage Penalty, Except When It Isn't - 2003, sobre casais e imposto de renda

Mas nos últimos meses a coisa degringolou.
Vamos contar.

4) Honesty Is the Sole Policy, Except When It's Not - 2 de agosto, sobre policiais que dão falso testemunho
5) NBC Is Broadcasting Live, Except When It Isn't - 10 de agosto, sobre a cobertura ao vivo das provas olímpicas
6) The English Actress (Except in France) - 24 de setembro, sobre a atriz Kristin Scott Thomas
7) Job Hunting Is, and Isn't, What It Used to Be - 26 de setembro, sobre o uso da internet para achar um emprego
8) Waiting to Lead (or Not) - 27 de setembro, sobre a transição de presidentes
9) Grieving, and Not, in the Condiments Aisle - 5 de outubro, sobre o rosto sorridente de Paul Newman nos rótulos de alimentos da marca dele, mesmo após o falecimento do ator
10) Shining a Light on a Movement That Maybe Isn't - 26 de outubro, sobre uma instalações artísticas no Guggenheim
11) Doing Things You're Not - 9 de novembro, sobre o cantor e compositor Joseph Arthur

Cansativo? (or Not).
Para ler o artigo original clique aqui.

Fala Sério, Maradona!

Só acreditei porque li na Time.
Os argentinos que clicarem na versão local do Yahoo! em busca de informação sobre o ex-craque, atual treinador da seleção, Diego Maradona, vão ficar desapontados.
Tudo que eles verão é um comunicado dizendo que, devido a um pedido judicial, o Yahoo! se vê temporariamente obrigado a suspender todos os resultados relacionados a esta busca.
As exceções são apenas links para os grandes portais de notícias.
E o pior.
Maradona não é o único.
É apenas um entre 110 figuras públicas argentinas que entraram com ações impedindo o Yahoo! e o Google locais de apresentar links relacionados a seus nomes.

Um porta-voz do Google argentino considerou a ação completamente ilógica.
Segundo ele, seria a mesma coisa que processar uma banca pelo que aparece nos jornais que ela vende.
Ou obrigar o vendedor da banca a arrancar as páginas ofensivas dos jornais.
Do ponto de vista da empresa, as ações deveriam ser contra os website que publicam as informações.
Não contra o Google ou o Yahoo!.
O Google argentino recorreu e não vai filtrar nenhum link até que o recurso seja julgado.

As ações são fruto do trabalho de um advogado de Buenos Aires, Martin Leguizamon.
Além de Maradona, ele representa atores, modelos, atletas e juízes.
A primeira ação foi há dois anos.
Quando Maradona ouviu falar da história, procurou o advogado para que ele também o representasse.

Bem.
Sobre Maradona não vale a pena a gente perder tempo discutindo.
O que chama atenção é o caso dos juízes.
Entre os três que adotaram a mesma gracinha, está a juíza Maria Servini de Cubria.
A tal magistrada é polêmica e tem várias de suas decisões questionadas na blogosfera - e na mídia mainstream também.
O porta-voz do Google é claro.
A juíza é uma funcionária pública.
Onde fica a linha da liberdade de expressão?
Se sites não podem criticá-la, os jornais tradicionais também não poderão?

Vale ressaltar que toda esta discussão pode ser driblada.
A decisão judicial vale apenas para o Yahoo! Argentina.
Quem quiser ler sites que falem de Maradona e da juíza basta acessar o Yahoo! internacional, que não é atingido pela ação.
Outra dica, hermanos.
Digitem apenas 'Maradon' que já dá para acessar todos os sites que falam da criatura.

O Google Argentina diz que quer cooperar com a justiça local.
Mas questiona.
Do que adianta bloquear um ou dois portais se a informação continua disponível via outros mecanismos de busca na internet que não estão sendo acionados?
Já o advogado diz que os buscadores não discriminam links de material apropriado de links de sites pornográficos que usam imagens dos modelos que ele representa.
Maradona jura que viu imagens de si mesmo em sites pornôs linkados ao Google [cruz credo, nesse caso já não é pornográfico, é escatológico].

E é claro que o tal advogado não quer apenas proibir o acesso a estes sites.
Quer dinheiro de indenização moral.
Até mesmo pelas inocentes fotos de Maradona que surgem no Google Images.
Ele não fala a quantia mas especula-se que ele esteja pedindo de 30 a 120 mil dólares de indenização para seus clientes.
No caso de Maradona, deve ser mais dinheiro ainda.
O advogado insiste.
Google e Yahoo! têm que filtrar seus resultados já que, na opinião dele, sem esses buscadores ninguém saberia da existência desses sites.
Acho que o nobilíssimo defensor nunca recebeu um e-mail viral na vida.

Condoleeza Rice - NYT Magazine

Noah Gray-Cabey - 13 Anos Hoje

Quem Quer Trabalhar Com O Obama?

Cento e quarenta e quatro mil pessoas já se inscreveram.
O caminho é o site Change.gov.

Obama & O Blackberry

Faltam 65 dias para Barack Obama...
Ser obrigado a parar de usar o Blackberry.
Obama é berryaddicted.
Chega a usar na cintura [bem, tudo bem, ele pode].
Na noite da vitória respondeu via berry a um amigo que o cumprimentava.
"How about that?"
O problema é que ao tomar posse, Obama passa a ser submetido ao Presidencial Records Act.
Decreto que obriga toda correspondência presidencial ser oficializada e, potencialmente, aberta ao público.
Pois é.
Já pensou a mulherada mandando e-mail chamando o presidente de "gato" e tudo isso parar na Biblioteca do Congresso?
Claro que nada impede que Obama se transforme no primeiro presidente e-maileável [ui].
Mas os assessores ainda não apostam muito nisso.
Se bem que tem novidade à vista.
Obama já indicou que gostaria de ter um laptop em sua mesa no Salão Oval da Casa Branca.
Se conseguir, vai ser o primeiro presidente americano a fazê-lo.
E se for Mac, então, uauauauaua.

Segundo os amigos, Obama não muda o e-mail pessoal há anos.
[Isso é bom, tenho uma amiga, a Joana, que já me obrigou a decorar o e-mail novo dela umas nove vezes, insuportável].
Mas, nos últimos tempos, dizem eles, a quantidade de e-mails diminuiu.
É o ritmo da transição.
Na campanha, Obama foi visto dando umas autorizações pelo Blackberry, dando uma burlada na burocracia.
A mensagem de agradecimento aos eleitores na noite da vitória foi enviada não do e-mail pessoal mas do e-mail de campanha.

O e-mail do Bush.
Obama não é o primeiro presidente a ter seu e-mail pessoal, digamos, cassado.
Até o neanderthal George W. Bush teve que se despedir do seu.
Três dias antes da posse, em seu primeiro mandato, a criatura mandou uma mensagem a 42 amigos e parentes explicando a situação.
'Como eu não quero minhas conversas privadas passíveis de constrangimento, a única maneira é não se corresponder no cyber-espaço. Isso me deixa triste. Eu tenho gostado de conversar com vocês", escreveu a criatura.
[42 amigos, humpf!]
Bem, quem sabe agora W. não retoma o antigo e-mail.
Se você quiser escrever para ele pode tentar.
O antigo e-mail de Bush era G94B@aol.com.
Boa sorte.

Voltando ao novo presidente.
Pobre Obama.
Sem e-mail pessoal & Blackberry.
Vai ser difícil.
É que quando o Chicago White Sox ganha, Obama não perde tempo.
Costuma mandar e-mails via berry para os amigos.
"Sox!".
Acabou a farra.

Para saber mais sobre os hábitos de Obama na internet, acesse a matéria do NYT.

Dead Bull - Capa da Portfolio

sábado, 15 de novembro de 2008

They Say Goodbye

Os blogs estão morrendo.
Desde quando começou a indexá-los, em 2002, a Technorati já contabilizou 133 milhões de blogs no mundo.
Mas, de acordo com o State of the Blogosphere 2008 , report anual deles mega-incrível, 94 milhões destes blogs estão desativados.
Vejamos os números.
Apenas 7.4 milhões de blogs tiveram algum post nos últimos 4 meses.
E apenas 1.5 milhão teve algum post nos últimos 7 dias.
E o que isso significa?
Que a modinha passou?
Não necessariamente.
Que a febre diminuiu bastante, é verdade.
Mas um grande número de blogs foi absorvido por portais.
Afinal, como eu mesma vi Chris Anderson [Wired mogul] dizer [bem, num telão, mas eu vi], não há como os portais gerarem conteúdo suficiente para serem competitivos.
Daí, dava ele o conselho lá atrás, incorporem conteúdo, incorporem blogs.

Saudades Da Polaroid?

Migrante que é migrante era fã da Polaroid.
Pois ela voltou.
E muito melhor.
Digital.
Numa aplicação bacana de drag and drop.
Continua com o mesmo charme.
Faz o barulhinho "treeeeeeeeckk".
E você vê a foto renderizando aos poucos à sua frente.
Como nos velhos tempos.
Esmaecida e com a borda branca.
Mas...
A vingança da Maçã.
Por enquanto só para Mac [uauauauuaaa].
Vocês aí, Windows People, façam como nós sempre temos que fazer.
Aguardem.
Está em desenvolvimento.
Um dia sai.
"Treeeeeeeeckkk"
Poladroid.net.

Obama Na TV

A primeira entrevista dos Obamas após a eleição vai ao ar amanhã.
Será no 60 Minutes, da CBS, às 7pm ET.
Para ver um trechinho clique aqui.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

E Vai Lotar

Segundo a ONU, em 2053 o mundo terá mais de 9 bilhões de pessoas.
Vai lotar.
Em 1800, Londres era a maior cidade do mundo com 1 milhão de pessoas.
Em 1960, apenas 111 cidades tinham mais de 1 milhão de pessoas.
Hoje são mais de 300.
E olha só esses números.
Em 1975, apenas 5 cidades tinham mais de 10 milhões de habitantes.
Em 1995, 14.
Em 2015 teremos 26 cidades assim.
Só em Mumbai, 90 milhões de pessoas.
Que tal?
Vai bombar.

Informe-se

Infoplease.com.
Um site interessante.
Você bota lá o ano em que você nasceu e ele te dá uma série de informações.
Eu, por exemplo, descobri quantos bilhões de pessoas já existiam quando eu vim ao mundo.
Fiquei sabendo quem ganhou o Nobel da Paz naquele ano.
Quem venceu Wimbledon.
Quem venceu o Oscar...
O Grammy...
O Emmy...
E por aí vai.

Os Melhores Dos Piores - E-mails Do Dia

* Rainhas das Pernas Mais Longas se despede do Brasil*
* Viaje para o exterior sem sair do Brasil* [sei]
* Mini Coelho - uma companhia diferente em sua casa.
Depois de conquistar o mercado europeu e americano, os mini coelhos estão conquistando o mercado brasileiro*
E o melhor de tudo é que o Coelhario entrega em todos os estados.
Afe!

Zhang Yimou

Meu cineasta favorito.
Faz 57 anos hoje.

Viral Viralíssimo - II

Se você é daqueles que vivem dizendo que a Língua Portuguesa é difícil, pense duas vezes.
E faça o seguinte teste.

*Ler em voz alta*

Três bruxas olham para três relógios Swatch. Qual bruxa olha para qual relógio Swatch?

Agora tente em inglês:

Three witches watch three Swatch watches. Which witch watch which Swatch watch?

Fácil?
Então agora para os especialistas.

Três bruxas suecas e transexuais olham para os botões de três relógios Swatch suíços. Qual bruxa sueca transexual olha para qual botão de qual relógio Swatch suíço?


Em inglês:

Three Swedish switched witches watch three Swiss Swatch watch switches.
Which Swedish switched witch watch which Swiss Swatch watch witch?


Conseguiu?

Não??!!
Então pronto!
Pare de falar que a Língua Portuguesa é complicada!!!!

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

O Dia Em Que A Terra Parou - NASA, 1966

Heroes S03

Está tão ruim que foi parar até no The New York Times.
A audiência caiu 20% em um ano.
Como sempre arranjaram um bode expiatório.
No caso, dois.
Demitiram dois co-produtores executivos.
Como se fossem eles os responsáveis diretos pela atual confusão.
Para começar, os nove primeiros episódios foram escritos pelo criador, Tim Kring.
E demitir os caras não vai adiantar muito.
Até porque dos 25 epis previstos, os roteiristas já estão no vigésimo [oito já foram ao ar].
Dizem os fofoqueiros que o presidente da NBC, emissora que exibe Heroes, ficou furioso com uma reportagem de capa da Entertainment Weekly [minha revista favorita no biz] que falava mal pacas da atual temporada e dizia que, se continuar assim, a série deixará de ser um fenômeno da cultura pop [bem, pra mim nunca foi. Lost ainda vá lá, mas Heroes?].
E olha que para essa famigerada terceira temporada os caras ainda contrataram dois roteiristas de peso.
Rob Fresco, de Crossing Jordan.
E Mark Verheiden, da minha beloved Battlestar Galactica [qualquer um que nos faz acreditar na cylon Six é um bom roteirista].
Curiosidades.
Apenas oito milhões de pessoas assistem Heroes quando passa na TV.
Dois milhões assistem depois pelo Tivo.
É um dos maiores indíces de gravação de programa em Tivo da TV americana.
Sem falar também que Heroes é um dos programas mais assistidos no Hulu.com.
O que salva é que o seriado ainda é um sucesso em vários países.
Para ler a matéria do NYT, clique aqui.

O Novo Universo

E-mails

Que eu não pedi mas recebi hoje.
* 13o Salário: Gastar ou Guardar?
* Hotel promete Natal e Ano novo emocionante (ai, nossa, arrepiei)
* Pesquisa desvenda aspectos psíquicos e sociais na educação de adolescentes
* A conexão entre Corpo, Espírito e Universo

Flashmob

É amanhã.
Às 18h.
Em São Paulo, na Av. Paulista, em frente ao número 900.
No Rio, em frente à Cinelândia.
Para saber o porquê, clique aqui.

Viral Viralíssimo

1. A pressa é inimiga da conexão.
2. Amigos, amigos, senhas à parte.
3. A arquivo dado não se olha o formato.
4. Diga-me que chat freqüentas e te direi quem és.
5. Para bom provedor uma senha basta.
6. Não adianta chorar sobre arquivo deletado.
7. Em briga de namorados virtuais não se mete o mouse.
8. Em terra off-line, quem tem um Mac é rei.
9. Hacker que ladra, não morde.
10. Mais vale um arquivo no HD do que dois baixando.
11. Melhor prevenir do que formatar.
12. Quando a esmola é demais, o santo desconfia que tem vírus anexado.
13. Quando um não quer, dois não teclam.
14. Quem ama um Windows, Vista lhe parece.
15. Quem clica seus males multiplica.
16. Quem com vírus infecta, com vírus será infectado.
17. Quem não tem banda larga, caça com modem.
18. Quem nunca errou, que aperte a primeira tecla.
19. Quem semeia e-mails, colhe spams.
20. Quem tem dedo vai a Roma.com
21. Um é pouco, dois é bom, três é chat ou lista virtual.
22. Vão-se os arquivos, ficam os back-ups.
23. Há dois tipos de pessoas na informática. Os que perderam o HD e os que ainda vão perder…
24. Aluno de informática não cola, faz backup.
25. Na informática nada se perde, nada se cria. Tudo se copia… e depois se cola.

Ainda Big

Ana Cláudia Paixão esclarece.
'Mr. Big' era 'Mike Logan' em 'Lei e Ordem' muitos anos antes de virar... 'Mr Big'.
O pior foi que depois de 'Sex and the City' o que restou a ele foi justamente voltar a ser Logan.
By the way, eu era louca por ele como o detetive atormentado em 'Lei e Ordem'.
Saiu uma matéria esta semana no NY Times falando que a série nunca se recuperou totalmente de sua saida...
Ah! Happy Birthday Mr. Noth!

O Tempo Passa

O tempo voa.
E a mulherada nem lembra que Sex & The City é do século passado.
1998, quando Manolo Blahnik era Deus e Louboutin não era nada.
Durou até 2004.
Esse ano teve um revival que fez dinheiro em Hollywood.
Cansado de fazer as mulheres suspirarem, Chris Noth partiu para outra.
Virou o Detetive Logan de uma das franquias Law & Order.
Não adiantou.
Vai ser eternamente lembrado pelas balzacas como Big.
Que nesta quinta-feira vão arrulhar.
Chris Noth faz hoje 54 anos.

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Senhor Tende Piedade De Nós

Se não for possível, pelo menos da minha caixa postal de trabalho.
Hoje recebi o e-mail das 100 Viagens Que Toda Mulher Tem Que Fazer.
Quem perguntou?
O outro tem o título assim.
Olá, Guta Nascimento,venha ter um dia diferente para as compras de Natal.
Quanta intimidade.
Mas o campeão foi um de ontem.
Medo de sair de férias e de não saber tudo assolam executivos.
Juro por Deus.
Assim mesmo.
Com essa concordância e tudo..
Nem abri.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

É Proibido O Uso De Notebooks

Fui a um evento hoje que proíbe o uso de notebooks durante as palestras.
Ontem, no Twitter, alguém já tinha avisado.
Não acreditei.
Achei que era exigência exclusiva de algum palestrante internacional preocupadíssimo com seus direitos autorais e de imagem.
Mas não é que era verdade?
Hoje, também numa palestra internacional, o uso de notebooks foi novamente proibido.
Resultado.
Tive que anotar duas horas de palestra à mão para perder depois mais tempo ainda digitando tudo para redigir um report.
Poupando a todos da minha indignação com a perda de tempo - o qual não tenho sobrando - digo apenas que passei boa parte da palestra excomungando a organização e fazendo as seguintes anotações mentais, já que as mãos estavam ocupadas com outras anotações.

"Aos Prezados Senhores Organizadores de Eventos,
Hoje em dia um evento que se preze e que queira ser reconhecido como dinâmico e de ponta NÃO PODE NÃO DISPONIBILIZAR UMA REDE WI-FI.
É simples.
Redes wi-fi, além de deixar os participantes felizes e à vontade para satisfazer suas carências de orkut, msn, twitter, facebook, whatever, permitem que seu evento se multiplique instantaneamente.
É saudável.
E, pelo amor de Deus, não me venham falar de questão de segurança de rede.
Isso é velho.
Se quiserem posso recomendar aos senhores várias boas empresas de TI.
É peixe pequeno para elas.
O segundo conselho vem a ser a questão do uso de notebooks durante as palestras.
Se, por ventura, algum convidado internacional - ou algum nacional equivocado - exigir por contrato que não se use notebooks, por favor expliquem o motivo.
É para que não se gravem imagens com as câmeras que hoje em dia a maioria deles tem embutidas?
Se for isso, por favor observem que celulares, ainda que em modo vibracall, também filmam, hein!?
É porque a luz emitida pelas telas incomoda o participante ao lado?
Já fui a um workshop em que o casal atrás de mim bufava alegando que a luz da tela do meu pobre MacBookizinho incomodava as devidas retinas deles.
Poupo vocês da minha resposta.
Foi grosseira.
É porque tem gente que espanca as teclas, gerando um sonido insuportável para as pessoas zen?
As estressadas nem reparam.
É porque tem gente que não abaixa o volume e todo mundo fica ouvindo os plings e plongs do gtalk e do msn?
Voltando à proibição, insisto.
Nunca, senhores organizadores, jamais, deixem de dar ao público uma boa razão pela qual uma pessoa não pode digitar em seu notebook durante uma palestra.
Com certeza, seu evento será melhor apreciado.
Inteiramente à disposição para outros conselhos,
Guta Nascimento"

Stars Aging


Leonardo DiCaprio faz hoje 34 anos.
Demi Moore, 46

É O Cara

Ele coleciona quadrinhos do Homem-Aranha e do Conan.
Joga basquete bem pacas.
Seu prato favorito é o linguini de camarão da mulher, Michelle.
É canhoto.
E como americano tem tara em estatística ridícula, será o sexto presidente canhoto do pós-guerra.
Ele leu t-o-d-o-s os livros do Harry Potter.
Tem um par de luvas vermelhas autografadas por Muhammad Ali.
Trabalhou numa lanchonete de sorvete quando era adolescente e hoje em dia não pode nem ver sorvete.
Quando morou na Indonésia provou carne de cachorro, carne de cobra e gafanhoto frito.
Prometeu à mulher que ia parar de fumar e - claro - não conseguiu.
Teve um macaco - ou macaca, vai saber - de estimação chamado(a) Tata.
Seu livro favorito é Moby Dick.
Entre os filmes preferidos, Casablanca e Um Estranho no Ninho.
Se inscreveu para participar de um calendário de negros bonitões em Harvard mas foi rejeitado por todas as mulheres do comitê.
Gosta de Miles Davis, Bob Dylan e The Fugees.
Na primeira vez em que saiu com Michelle, foram assistir a Do The Right Thing, do Spike Lee.
É viciado em checar o BlackBerry
Seu laptop é Apple.
Tem 11 pares iguais de sapatos pretos.
Quer botar uma quadra de basquete no quintal da Casa Branca.

Ah, fala sério.
Um presidente que leu todos os Harry Potters e usa um Mac de laptop.
É o máximo!
Eu preciso conhecer esse cara!

[para saber outras razões pelas quais o mundo torce por Obama, clique neste texto do Telegraph]

Change.gov

Por conta do fuso, nos EUA ainda é segunda, dia 10 de novembro.
Por isso lá ainda faltam 71 dias de Governo Bush.
É o que eu mais gosto de ver no site oficial do Obama, que ele lançou semana passada, após ser eleito.
Change.gov
O countdown fica lá no alto, ao lado da data.
Elegante como Mr. President, dá a regressiva para a posse.
E não para a despedida da aberração que ainda governa o país.
No Newsroom, Upcoming Events e Press Room ainda estão vazios.
Jobs - Apply Now deve estar bombando.
Em Administration, um guia didático para a Geração Y [que até então de política só sabia que o Exterminador do Futuro era governador da Califórnia] aprender quais os principais cargos do Executivo.
Mas o que mais me deixa curiosa para ver é a seção American Moment.
Tem dois links.
Share Your Story e Share Your Vision.
Em Your Story as pessoas vão poder contar como viram a campanha.
Em Your Vision o que elas esperam do Governo Obama.
E pensar que esse cara foi ridicularizado pela mídia americana no início da campanha.

Republicanos Na TV

John McCain deve ir ao David Letterman nesta terça.
Mas o melhor de tudo será Sarah Palin na quarta.
Ela irá ao The Situation Room, da CNN.
Será entrevistada pelo Wolf Blitzer.
A novidade - além das asneiras com as quais ela nos presenteará - é que o telespectador poderá fazer perguntas para Sarah.
Basta entrar no iReport da CNN e uploadar um vídeo seu com a pergunta.
Eu, se não tivesse mais o que fazer, ia pedir a ela que soletrasse Hussein.
Vai ser engraçado.
O The Situation Room vai ao ar das 4-7pm ET.
Mrs. Palin dará o ar da graça às 6pm.
Imperdível.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Um Emprego Bacana

O de fotógrafo da Casa Branca.
Eu queria.
Só para tirar esta foto hoje.
De todas as fotos do dia dos Obamas & Bushes esta é a minha favorita.
Parabéns a Eric Draper.

O Euro & A Ópera


Essa coisinha desengonçada aí acima é o Euro.
O ângulo, para a maioria de nós, é inédito.
Trigésimo-sexto andar do Banco Central Europeu, em Frankfurt.
É que, bem, em geral, todo mundo tira foto dele lá embaixo, de frente para a Ópera de Frankfurt.
Lá de cima ele fica mais esquisitinho ainda.
Presente de Cristina Costa, jornalista brasileira que subiu lá para acompanhar as decisões sobre as taxas de juros da zona do euro.
Visto, assim, do alto, sei lá, ele parece mesmo meio abalado.

Miriam Makeba

Ela ficou conhecida por "Pata Pata".
Mas a cantora sul-africana Miriam Makeba foi maior que a divertida música que, em 1967, 11 anos depois de gravada, conquistou os EUA e o mundo.
Makeba morreu ontem, aos 76 anos, na Itália.
Durante muitos anos foi uma voz sul-africana contra o apartheid.
Por causa disso, em 1960, teve a cidadania revogada.
Só a retomou 30 anos depois, no governo de Klerk.
"Nunca entendi porque não podia voltar pra casa.
Nunca cometi nenhum crime", dizia ela.
Em 1976, falou na ONU sobre a segregação racial sul-africana.
Depois disso, as rádios & TVs sul-africanas boicotaram suas músicas até 1989.
Mas o mundo sempre foi simpático à Makeba.
Nos anos 60 ela fez várias turnês com Harry Belafonte.
E, em 87, Mama Africa, como era conhecida cantou com Paul Simon em sua turnê Graceland.
Em homenagem à Makeba, segue a letra de Pata Pata.

Sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
Sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
Sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)

Hihi ha mama, hi-a-ma sat si (pata pata)
Hihi ha mama, hi-a-ma sat si (pata pata)
A-hihi ha mama, hi-a-ma sat si (pata pata)
A-hihi ha mama, hi-a-ma sat si (pata pata)

Aya sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
A sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
A sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
A sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)

Pata Pata is the name of a dance ... we do down Johannesburg way.
And everybody ... starts to move ... as soon as Pata Pata starts to play - hoo ...

Aya sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
A sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
A sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
A sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)

Hihi ha mama, hi-a-ma sat si (pata pata)
Hihi ha mama, hi-a-ma sat si (pata pata)
A-hihi ha mama, hi-a-ma sat si (pata pata)
A-hihi ha mama, hi-a-ma sat si (pata pata)

Haji-a sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
A sat wuguga sat ju benga jo-ho (pata pata)
A sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)
A sat wuguga sat ju benga sat si (pata pata)

domingo, 9 de novembro de 2008

Obama, Entourage & Charlie Rose

Quando três dos meus assuntos favoritos se unem, é hora de postar.
Fuçando o site de Charlie Rose, só para ver o que eu perdi nesta semana histórica, achei uma entrevista sensacional.
Charlie, meu talk-show host favorito no mundo, entrevistando em junho deste ano os TRÊS irmãos Emanuel da hora.
Ezekiel Emanuel é especialista em um dos assuntos preferidos de Obama: a saúde pública dos EUA.
Ramh Emanuel é o novo chefe de gabinete durão de Obama.
Reza a lenda que foi ele a inspiração para um personagem de West Wing.
E Ari Emanuel, não é lenda, é a inspiração real para Ari Gold, meu personagem favorito em Entourage.
É por isso que eu falo.
Charlie Rose é o melhor talk-show de todos os tempos.
Ponto.
Para ver a sabatina com os três Emanuéis, clique aqui.

Lou Ferrigno - 57 Anos Hoje

Ele ficava verde.
E urrava.
Em 81 episódios, de 1978 a 1982, Lou Ferrigno foi o Incrível Hulk, na TV.

sábado, 8 de novembro de 2008

A Primeira Vez do Marona

Só pode ser o gene gaúcho.
Mário Marona consegue ser ao mesmo tempo uma das pessoas mais bem & mau humoradas da Terra.
Na maior parte do tempo é hilário.
Quem trabalha com ele ganha de brinde um rol de histórias engraçadas para contar.
A minha preferida é o dia em que o pai dele o esqueceu no Jockey Club de Porto Alegre.
Seria triste ... se não fosse de chorar de rir.
Jornalista, aos 53 anos, pilota o Blog do Marona.
Blog indispensável para quem gosta de notícia, de rir das notícias e das sandices que muitas vezes acompanham as notícias.
Com vocês, a primeira vez de Mário Marona, o chefe mais engraçado que eu já tive na vida.

... PRIMEIRA VEZ NA INTERNET ...
... usei a internet pela primeira vez quando fui nomeado pelo Globo, onde trabalhava, para projetar o primeiro site da empresa, o Globo Online. isto foi no século passado (como costumo dizer, bom século aquele) ...

... PRIMEIRO E-MAIL ...
... não lembro do primeiro e-mail, mas sempre usei a mesma identificação – mrmmarona. "Mr", que fique claro, não é míster, é Mário Renato, o nome ridículo com que fui presenteado ...

... PRIMEIRO PROVEDOR ...
... UOL ...

... QUANTAS CONTAS DE E-MAILS ATÉ HOJE ...
... Yahoo, Hotmail, UOL, Gmail e em todas as empresas em que trabalhei. se somar todos, deve dar duas dúzias ...

... LEMBRA DO ALTAVISTA? E DO ICQ? ...
... Altavista era o melhor serviço de busca. até que um dia surgiu o Google. e ele ficou pré-histórico. usei muito pouco o ICQ. achava muito chato. como acho chato o MSN. detesto quando entro sem querer e ouço aquele barulhinho de alguém tentando falar comigo ...

... PRIMEIRA VEZ EM QUE USOU O GOOGLE ...
... comecei a usar em 2001 ou 2002, eu acho. logo que o conheci ...

... E O SKYPE ...
... usei três meses quando fiz comentários sobre mídia numa rádio aqui do Rio, para me comunicar com os locutores. acabou o contrato com a rádio, desativei o programa ...

... QUEM TE CONVIDOU PRO ORKUT? ...
... não tenho Orkut. acho meio obsceno e exbicionista. fico constrangido quando leio o que meus amigos, alguns até sérios, escrevem lá. as fotos, então, são de deixar enrubescido. as pessoas perdem completamente a noção de ridículo quando criam uma conta no Orkut. tudo bem, é mau humor e sempre tem um pouco de gênero neste tipo de rabugice. mas o Orkut de fato me constrange. recentemente, criei uma conta fake só para procurar alguns amigos de infância. descobri que um deles tinha morrido e saí correndo de lá. nunca mais abri ...

... BLOG DO MARONA ...
... o blog é minha brincadeira favorita. hoje, diria que é meu trabalho favorito. o Blog do Marona tem quase 4 anos, com duas interrupções – quando estive no JB e quando estive na Band – mas virou vício. não consigo deixar de escrever um dia sequer e, quando isto acontece, me sinto culpado. não tem o capricho que devia ter, mas é de graça. não cobro nada por ele e não procuro anunciantes. um dia, quem sabe, faço um site mais sério e vivo disso ...

Stream Drag

Sou fã.
É mais um site para tocar música online.
A diferença é que não precisa logar.
A página é bonita, clean.
E o melhor.
Agrega o clip da música.
Dois em um bacana.
Para conhecer streamdrag.com

Não, Não e Não!

Mas, pensando bem, sim, sim e sim.
Pesquisa diz que 64% dos republicanos americanos querem que a Sarah Palin seja a candidata deles à presidência em 2012.
Pois é.
Passada a revolta inicial, acho que é isso mesmo.
Os republicanos merecem Sarah Palin.
Se querem ela, isso mesmo, a elejam para concorrer.
91% dos republicanos a aprovam.
Ou seja, aprovam uma governadora que não entende que a África não é um país.
É um continente.
Uma candidata à Casa Branca que não sabe quais os três países que compõem a América do Norte.
Uma candidata que não sabe dizer quais os jornais e revistas que costuma ler.
Tomara.
Mas tomara mesmo que seja ela a candidata dos republicanos à Casa Branca em 2012.

Quando Os Blogueiros Se Encontram

Acabo de voltar de Congonhas.
E nem fui voar.
Uma exceção na vida.
Fui recepcionar.
Congonhas, sábado, visto do ponto de vista do desembarque até que é bem civilizado.
E um encontro de blogueiros.
Desembarcava em terras paulistanas, Marcos Faria, autor do impagável Almanaque.

Paloma

É o furacão do fim-de-semana no Caribe.
Categoria 4.
Bateu nas Ilhas Cayman e agora segue em direção à Cuba.
Hoje de manhã cedo chegou a 215 km por hora.
Se continuar nessa velocidade bate em Cuba ainda hoje à noite ou amanhã de manhã bem cedo.
Só este ano os cubanos já tiveram prejuízos de 5 bilhões de dólares com dois furacões.
Como não há muito o que fazer, o jeito é se preparar para mais um.
Já retiraram pelo menos 85 mil pessoas das áreas que podem ser atingidas.

Já Vai Tarde Countdown

Faltam apenas 73 dias para George W. Bush voltar para o rancho de onde nunca deveria ter saído.
Let's Celebrate It!

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Obama Flickr

Um presidente que tem Flickr.
Esse é o cara.
Quem entra no Flickr do Obama pode ver as fotos dele e da família acompanhando a apuração.
Com direito a pé em cima da mesa e tudo.
Nas Collections dá para ver fotos da campanha em vários estados, os momentos mais cruciais, e o dia da votação.
O endereço é flickr.com/photos/barackobamadotcom.

Ai, Ai, Ai - 2

Sinceramente.
A capa da People dividir Obama com os melhores vestidos da Beyonce e a cirurgia de endometriose da mocinha do Dancing With the Stars é medíocre.
Entrou para a história.
Afe 2.
Cique na foto para ver com seus próprios olhos que eles realmente fizeram isso.

Yes We Can - Cry

Bem, vamos lá.
Aumenta a lista das pessoas que choraram com a vitória de Obama.
Conforme já foi escrito aqui.
Oprah chorou.
Colin Powell chorou.
Barbara Walters só chorou no dia seguinte escovando os dentes, mas chorou.
Choraram ainda.
Stephen Colbert, no ar, no Comedy Central.
Will Smith em casa com os filhos no colo.
Bem, eu chorei.
O Alvim chorou.
A Mariana chorou.
E se você também tiver chorado, junte-se a nós.
Sim, porque Say It Loudly, Say It Proudly!
We Can Cry!

Ai, Ai, Ai

Tem um site brasileiro de notícias dizendo que Obama, na condição de presidente eleito, deu hoje sua primeira entrevista a jornalistas.
Ia dar entrevista a quem?
Às crianças da escola da Sasha e da Malia?
Afe.

A Turma do Obama

Pena que eu não fui convidada [rs].
Antes da entrevista coletiva que deu hoje, a primeira após ser eleito presidente, Barack Obama se reuniu com um grupo de, digamos assim, assessores para assuntos de toda ordem e natureza.
Quem estava lá?
Lawrence Summers, candidatíssimo a Secretário do Tesouro [cargo que já exerceu no governo Clinton].
Jennifer Granholm, a Governadora de Michigan, estado bem quebrado pelas perdas da indústria de automóveis [aliás eu tenho uns conselhos para dar a essas montadoras americanas, que tal investirem em projetos de pesquisa? foram atropelados pelo mundo, como diz Thomas Friedman, hot, flat & crowded. quem mandou?].
Eric Schmidt, CEO da Google [uau!].
Paul Volcker, ex-Banco Central americano.
E ainda.
Executivos da Xerox, da Time Warner, e da cadeia de hotéis Hyatt.
Warren Buffet participou por telefone.
Isso é que é assessoria, hein!

Obama Doc

Edward Norton, ator-cabeça e tal, está produzindo um documentário sobre a vitória de Barack Obama.
Vai ao ar no início de 2009, na HBO.
As filmagens começaram em 2006, acompanhando Obama ainda senador em Illinois.
E seguiram em 2007, quando ele lançou a campanha à presidência
Pode ser legal.

Obama Park!


O discurso da vitória de Obama já foi parar no South Park.
Para ver clique aqui

Yes, He Did It

Para o caso de você não ter visto durante a campanha.
Clique aqui.

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Crianças Na Casa Branca

De Brian Williams, na NBC.
"Pela primeira vez, desde a geração dos Kennedy, haverá crianças na Casa Branca."

Obama Nas Alturas

Oprah entrou no palco ao som de "God Bless America".
Apenas gritou "Whooooo!" vezes e vezes.
Exibiu a primeira página do Chicago Sun-Times com uma foto gigante de Barack e, sem fôlego, disse à platéia.
"Oh, my God, all right, OK."
"América, eu tenho duas palavras para você."
"Mr. President."

Na MSNBC, Spike Lee disse.
"Uma mudança sísmica."
No mesmo canal, Pat Buchanan, lembram dele?, afirmou.
"Acho que é o fim da era conservadora."

Na NBC, o âncora Tom Brokaw chamou a eleição de "o fim da apatia".
Dan Rather lembrou-se de quando cobriu o movimento dos direitos civis.

Ainda Oprah, que foi vista por milhões de pessoas em todo o mundo, através da CNN, chorando no Grant Park, em Chicago.
"Foi a noite mais eletrizante e emocionante que eu já vi na vida."

Whoopi Goldberg ligou para a mãe.
Perguntou se ela imaginava que um dia fosse ver isto na vida.
A resposta foi categórica.
"Não."

Barbara Walters, a dama-de-ferro do jornalismo norte-americano, disse que não derramou uma lágrima sequer na terça-feira à noite.
Mas na quarta de manhã, escovando os dentes, ouviu pela tevê um trecho do discurso "I Have a Dream", de Martin Luther King.
E se flagrou chorando.

Começou

Já estão falando mal da roupa da Michelle Obama no dia da vitória.
No The Caucus, blog político do NYT, uma eleitora diz: "Eu votei no Obama, mas eu não votei nesse vestido".
Ai, ai.
O vestido é do Narciso Rodriguez.
Mrs. Obama acrescentou um cardigan preto.
O modelo foi apresentado na última coleção e ainda nem chegou às lojas.
Deve ter sido presente do estilista.
Eu, particularmente, posso nem vir a gostar dos modelos da Michelle.
Mas sempre vou aplaudir uma primeira-dama com personalidade.
Depois da ausência-de-gosto das duas primeiras-damas Bush e da assepsia de Hillary Clinton vai ser ótimo ver uma primeira-dama norte-americana colorida.

O Dia Em Que O General Chorou

Colin Powell tem
tantas medalhas para pendurar no peito que poderia ser enterrado por elas.
Foi ele o general que liderou a coalizão internacional na primeira Guerra do Golfo contra Saddam Hussein.
No primeiro governo W. foi o primeiro afro-americano a ocupar o cargo de Secretário de Estado.
Em 2003, sentou no Conselho de Segurança da Onu cheio de gráficos de fábricas de armas biológicas no Iraque que, mais tarde descobriu-se, nunca existiram.
Foi um desapontamento para a esquerda americana, que sempre pareceu esperar mais de um líder negro americano.
Colin Powell nasceu no Harlem, foi criado no South Bronx.
Tem medalha do Vietnã e uma da Rainha Elizabeth II, como cavaleiro honorário.
Em 10 anos, passou de coronel a general quatro estrelas.
Tem MBA.
Chegou ao mais alto cargo militar dos EUA.
Ontem estava num hotel em Singapura.
Um dia histórico para os Estados Unidos.
"Eu não tenho vergonha", disse ele.
"Todo mundo chorou."
"Minha família, minha mulher, minhas crianças, todo mundo."
O repórter da CNN perguntou.
"Durante algum momento do discurso da vitória de Obama o senhor pensou: "Poderia ter sido eu?"
"Não, nunca", respondeu.
"Eu fiz uma escolha há 14 anos [quando quase disputou a presidência contra Clinton] e nunca me arrependi. Foi a escolha certa para mim e para minha família.
Estou arrebatado por Barack Obama ter conseguido."
Para ver a entrevista de Colin Powell clique aqui

Sally Field - 62 Anos Hoje