sexta-feira, 31 de agosto de 2007

A Primeira Vez da Dayse Espindola


Enquanto posto a coluna, Dayse Espindola está dentro de um avião a caminho de Shanghai.
Em breve ela estará aqui no Migrante postando novidades digitais na Cidade Proibida.
Assim que viu a primeira coluna, a da Mauren Motta, ela mesmo postou suas respostas.
Pra quem não conhece, essa menina é sangue-bom.
De Anápolis, onde nasceu, partiu, na adolescência, para o Texas.
Lá surgiu a idéia de um dia conhecer a China.
Voltou pro Brasil, se mudou pra Campinas e depois pra São Paulo, onde se formou em jornalismo.
Agora, aos 22 anos, decidiu retomar a antiga idéia.
Conseguiu bolsa e vai estudar 3 anos por lá.
Aqui ela conta seu início na web.

"Foi aqui em Goiás. Minha mãe fazia curso de datilografia (era importante na época aqui! rs), quando meu pai voltou de um congresso em São Paulo e falou que já era hora de termos um computador em casa. (rs)Ela abandonou o curso de datilografia e começou a fazer aula de computação! Eu tinha uns 11 anos, acho. Logo depois do computador, a internet. Era discada. Nem lembro o provedor. Meu irmão foi o primeiro a se render. A gente achava ele um gênio porque conseguia entrar nos sites, comprar coisas, etc. Meu primeiro email, o do hotmail, fiz com 14 anos. Ou melhor, meu irmão fez. Deve ter ficado uns 2 ou 3 anos sem eu mandar nada. Era só pra dizer que eu tinha email! Aí, quando mudei pra Campinas, comecei a usar sempre! E depois não parei mais, né? Meu email é o mesmo até hoje. Agora skype, skype.. Só semana passada, com a ajuda da Guta! (rs)
Bjoos! Adorei isso! Relembrei minha adolescência digital."

Um comentário:

Bruno disse...

Puxa vida, Dayse, e eu nem sabia (ou nem lembrava) que vc era de Anápolis. Estive lá este ano, avaliando um curso de Jornalismo para o Inep-MEC. Que "passou" raspando, com a nota 3! Como será um lead em mandarim? Bj!